Quis muito!


A essa altura do campeonato eu queria estar me esvaindo em lágrimas. Queria ouvir músicas e chorar o dia inteiro, encharcar o lençol de lágrimas. Mas eu ainda não consegui... Sim, há uma tristeza imensa. E eu não consigo acreditar.

Na minha cabeça eu ainda procuro meios de continuar, não encontrei nada até agora. 


Tamanho vazio. 

O grande galpão onde eu guardava tudo está esvaziado, bem sei que foi esvaziando aos poucos... A última leva, porém, foi enorme. Caminhões de mudança apressados pra sair. Jogaram as coisas todas dentro dos baús sem o menor cuidado, ouvi muitas coisas quebrando. E o que foi raro e precioso vai virando entulho.
E tendia mesmo pra ser assim, sempre tendeu. Fui negando os sinais, relevando o inadmissível... Porque eu quis.

Quis muito!

posted under |

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Total de visualizações de página

Followers


Recent Comments